segunda-feira, 26 de novembro de 2012

UMA BREVE CONVERSA COM JÚNIOR FALCÃO


Eu, Johnatas Silva, sempre demonstro bastante interesse pela visão de reino quem têm nossos irmãos em Cristo. Hoje tive uma breve conversa com meu amigo e irmão Júnior Falcão acerca disso. Confira!

JS: Júnior, quando você iniciou sua jornada cristã?

Falcão: Aconteceu no término de 2001. Senti o desejo de participar de um culto evangélico. Então, resolvi ir até uma igreja das Assembleias de Deus. Ouvi a pregação do Evangelho e Deus tocou-me profundamente. Desde então passei a fazer parte da família de Deus.

JS: Qual foi sua reação ao participar pela primeira vez de uma célula de evangelismo e crescimento?

Falcão: Num primeiro momento eu confesso que estranhei, porque até então eu nunca tinha participado de algo parecido. Mas com o passar do tempo fui me acostumando e comecei a gostar de célula. Erámos tratados com muito cuidado por nosso líder. Ele nos dava bastante atenção.

JS: Você acha que desempenhou um bom trabalho como líder de célula?

Falcão: Com certeza! Eu me dediquei muito em prol do reino de Deus. Trabalhar com vidas não é fácil, mas temos a certeza que de não é em vão. Pois a recompensa não vem de homem, e sim de Deus.

JS: Você acha que sua denominação tem deixado a desejar em relação à Visão Celular?

Falcão: Primeiro, vejo que nossa igreja não é uma igreja celular, é uma igreja que apenas trabalha com célula. Segundo, a Visão Celular só funciona se os quatro degraus dela funcionarem, os quais são: Ganhar, Consolidar, Treinar e Enviar. Se esses elementos funcionarem, então a Visão irá bem. Mas, se funcionar somente alguns degraus e outros não, consequentemente teremos dificuldades com a Visão Celular.

JS: Onde você acha está acontecendo a maior falha?

Falcão: Nosso maior erro hoje é o de fazer algo que não estamos colocando em prática. Porque de certa forma temos sentido falta de apoio em certas áreas. Hoje nossa igreja não está falando a mesma linguagem. Hoje temos falta de consolidadores. E quando temos esses consolidadores não temos onde treiná-los. Digo e repito: a Visão Celular só funcionará, de fato, quando os quatro degraus funcionarem em completa harmonia.

JS: O que você acha que deve ser feito em relação a essas dificuldades?

Falcão: Primeiramente a liderança deve reconhecer que precisa realmente viver a Visão Celular. E cada líder, cada membro deve falar a mesma linguagem. E, certamente, viver em unidade. Não apenas em palavras, mas de fato e de verdade!

JS: Deixe uma palavra aos seus irmãos em Cristo Jesus.

Falcão: Hoje se queremos trabalhar com células, devemos viver células. Temos que amar o discipulado, a Escola de Líderes, as Redes etc... Devemos priorizar o reino de Deus, porque em Mateus 6.33 está escrito: “Mas buscai em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça, e as demais coisas vos serão acrescentadas”. Que Deus os abençoe em Cristo Jesus!



Por: Johnatas Silva
Em: 16/11/2012

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

DUBIEDADE


“... é alguém que tem mente dividida e é instável em tudo que faz.” (Tg 1.8)

Hoje, muitos cristãos estão inertes devido à dubiedade de seus corações. Estão coxeando entre dois pensamentos: é assim ou não é? Será que é desse jeito? Ou é melhor assim? Essas são as perguntas áureas em suas mentes. A instabilidade é a marca registrada dos crentes dúbios.

A Bíblia nos ensina que o justo (o crente em Jesus) viverá pela fé. Independentemente se as circunstâncias forem favoráveis ou não. Eles não são movidos pelo que vêem ou por suas emoções. Suas decisões estão centradas nas palavras de Jesus.

No entanto, as igrejas atuais estão “lotadas” de cristãos que são indecisos, medrosos e – em muitos casos – supersticiosos. Crentes que não vivem pela fé no que Jesus prometeu. Estão muito preocupados com aquilo que os rodeia e, com isso, não dão ouvidos aos preciosos conselhos que o Senhor nos dar através de Sua Palavra.

Jesus nos alerta em Mateus 6 acerca das preocupações com as coisas desta vida. Ele nos garante que só precisamos priorizar Seu reino e Sua justiça e todas as demais coisas (necessidades da vida) nos serão acrescentadas. E a preocupação das coisas desta vida é o principal motivo da dubiedade na vida dos crentes.

Só podemos vencer a dubiedade por meio da fé. Porque ela lança fora toda dúvida. A fé o antídoto que cura nossa instabilidade. A Bíblia diz que sem fé se torna impossível de um crente agradar a Deus (Hb 11.6).



Johnatas Silva

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

UM NOVO COMEÇO

Comecei a gerenciar células de evangelismo e crescimento no final de 2008. Naquele tempo isso fora um desejo realizado, pois desde o primeiro dia em que participei de uma, Deus gerou em meu coração o desejo de ser líder.

Durante os dois anos que se seguiram eu, mesmo passando por momentos difíceis, consegui desenvolver um bom trabalho na visão celular de minha igreja. Tive o privilégio de trabalhar ao lado de jovens, homens e mulheres de Deus, cheios do Espírito Santo. Pessoas que realmente davam tudo de si em prol do reino de Deus.

Experimentei momentos de profunda comunhão com Deus e com meus irmãos. Fiz, além de discípulos para Cristo, muitos amigos também. Me dedicava ao máximo, não para mostrar serviço ao homem, mas porque em meu coração permeava a Palavra que diz que tudo quanto fizermos devemos fazer como ao Senhor e não aos homens.

No entanto muitas coisas aconteceram e quando estávamos na metade de 2010 eu resolvi dar um “time” do gerenciamento de células. Foi muito doloroso, mas creio que naquele momento foi o mais correto a fazer. Lembro-me de quando tive a difícil tarefa de anunciar aos meus colegas de ministério o meu desligamento da liderança de jovens. Foram dias de sofrimento!

O tempo passou, e mais coisas aconteceram. Coisas boas e ruins. Tive momentos de alegria, mas derramei muitas lágrimas também.  E por tantas vezes o peso de ter deixado de lado o que eu mais gostava de fazer me angustiava. Vivi, literalmente, dias confusos.

Agora, meditando em Eclesiastes 3, percebo que realmente tudo é no seu devido tempo. De certa forma foi bom ter sido afligido, pois hoje estou, de novo, contemplando as maravilhas do Senhor.

Deus coloca em minhas mãos, mais uma vez, a responsabilidade. Ele me pôs no barco outra vez. A restituição começa em minha vida neste término de 2012. E já foi selado com Ele o meu compromisso de cumprir com meu chamado haja o que houver, custe o que custar.


Johnatas Silva

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

MAIS UMA DECEPÇÃO

Minha mente anda tão cansada ultimamente. Estou me esforçando muito pra dá o máximo de atenção possível às coisas prioritárias na minha vida. No entanto, tenho falhado em certos casos. Ainda que eu faça um esforço muito grande, mesmo assim não estou com condições de sustentar certas áreas da minha vida.

Tanto que me esforcei, ralei, paguei um alto preço por esse curso técnico. Agora o vejo escapando do meu controle sutilmente. Todo o emprenho empreendido parece não ter significado nenhum nessa hora. Tantas horas gastas. Tantas vezes tendo que sair do trabalho direto pra escola. Tantas vezes que andei a pé por vários quilômetros até chegar à sala de aula. Hoje me pergunto: será que valeu apena?

Não me arrependo! Ainda que eu tenha fracassado no final da caminhada, sei que tudo o que aconteceu foi para meu proveito. Os amigos que fiz são, com certeza, o maior benefício alcançado. Sem falar que aprendi muito, muito mesmo! Que Deus me perdoe pelas falhas, e se de alguma forma fui motivo de vergonha para o evangelho.

Não tenho dúvidas de que outras oportunidades virão, e não vou mais, em nome de Jesus, deixa-las escapar. Estou em fase de restituição. O Espírito Santo do Senhor está me moldando novamente. Está arrancando de mim todo o mal que o pecado deixou dentro de mim. Estou sendo transformado em um novo vaso. Vaso de honra, pra glória de Deus.

Em meu coração a chama arde. O fogo ainda não se apagou, ainda existe uma fagulha. Dela se ascenderá uma chama que jamais será apagada. Chama que consumirá a minha vida para sempre. Nunca mais a vergonha tomará conta de meu ser. Em mim não haverá mais lugar pra nada que não procede do centro da vontade de Deus. Isto está escrito nos céus.


Johnatas Silva

Em: 28/06/2012 às 22:20h

O AMOR DE DEUS

“Porque Deus amou tanto o mundo que o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosso salvo por meio dele.” (Jo 3.16-17 NIV).

O interessante é que de Deus foi a atitude, não do homem! Estávamos todos perdidos, como ovelhas que não têm pastor (Is 53.6). Contudo, o Deus criador de todas as coisas, que está acima de tudo e de todos, olhou para nós com Seu olhar amoroso.

Ele se dispôs a salvar Sua mais bela e preciosa criação. Sua motivação sempre foi Seu imensurável amor. Amor que não podemos explicar; amor incondicional.

Jesus disse que “ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida pelos seus amigos...” (Jo 15.13). Jamais haverá na história da humanidade uma manifestação de amor tão grande quanto a que Deus, através de Seu Filho Jesus, demonstrou por nós.

Seu amor foi tanto “... que [Jesus], embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens. E, sendo encontrado em forma humana, humilhou-se a si mesmo e foi obediente até a morte, e morte de cruz!” (Fp 2.6-8). Aleluia!

Hoje temos vida porque Ele deu Sua própria vida por nós, e isso é maravilhoso. Devemos amá-lO com todas as nossas forças, pois “ele nos amou primeiro” (1 Jo 4.19).


Johnatas Silva

terça-feira, 6 de novembro de 2012

O TEMPO PASSA...

Agora, olhando pra minha linda princesa – que está dormindo – ao som de Jesús Adrían Romero, muitas lembranças me veem à mente. É realmente interessante ver que o tempo realmente passa e que as coisas mudam. Tudo é no seu devido tempo!

Nunca imaginei (há algum tempo) que hoje estaria neste estágio de minha vida. Mas eu sabia que um dia, mais cedo ou mais tarde, iria chegar. Porque as coisas são assim; a vida é assim!

Confesso que é estranho. Sabe por quê? Porque numa noite durmo solteiro e numa outra, casado. Acho estranho porque o novo sempre é estranhado a princípio. Todo o novo nos causa certo estranhamento (Risos)!

Estou certo de que tudo contribui para o bem, somente para o bem, daqueles que amam a Deus. Tudo está no controle de Suas mãos. É Ele quem nos faz vencermos todos os nossos temores. É Ele também quem nos sustenta em meio à adversidade. Enfim, Ele é tudo. Se Ele estiver conosco certamente venceremos.

Se “o novo” bate em sua porta e você sabe que é Deus quem o traz, não o tema. Lembre-se de que tudo é para o seu próprio bem.



Johnatas Silva

Em: 06.11.12

Viagens & Memórias Literárias

VIAGENS LITERÁRIAS Johnatas Silva Apresentação Aqui estão alguns registros feitos no decorrer das aulas de Literatura Infantojuveni...